segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Tal como avançámos há dias...guarda-redes João Nunes assinou pelo Arões S.C.


Texto e foto: Abel Castro


FafeDesportivo noticiou há dias que João Nunes seria uma possibilidade para suceder na baliza do Arões S.C. ao seu homónimo João Sampaio, que saiu do clube.
A nossa notícia carecia de todo o fundamento, até porque veio agora a confirmar-se a transferência.
João Nunes é um valor seguro na baliza, foi um dos pilares no G.D. Travassós, tendo depois rumado à A.D. Oliveirense do CNS, onde não ficou.
Trata-se, em nossa opinião, de um dos melhores guarda-redes do futebol distrital, pelo que a equipa comandada por Miguel Paredes acaba por contratar um jogador de grande valia.

Depois da Taça, vem aí o campeonato da A.D. Fafe com uma saída difícil a Pedras Salgadas (V.P. Aguiar)

Por: Abel Castro


Após o êxito e a festa da Taça, o CNS regressa no próximo fim-de-semana com uma jornada difícil para a A.D. Fafe.
Trata-se de uma deslocação ao Complexo Desportivo de V.P. Aguiar, para ali defrontar o actual segundo classificado, Pedras Salgadas, que este ano surge como uma equipa bastante superior, sustentada também por vários atletas provenientes do G.D. Chaves.
Mas se o Fafe estiver como tem estado, e se os adeptos comparecerem em massa em Vila Pouca, o que é provável, a A.D. Fafe pode perfeitamente acalentar um resultado positivo!

Consulte todos os resultados da 2.ª eliminatória da Taça de Portugal



Resultados 2.ª eliminatória;

Olhanense 2-0 Quarteirense
UD Oliveirense 2-0 U. Montemor  
Freamunde 2-1 Águeda
Moura 2-0 Montalegre
Sp. Espinho 1-0 AD Sanjoanense
Aljustrelense 0-3 Desp. Aves
Mafra 1-1 (2-3) g.p. Feirense
Argozelo 0-1 Alcains
FC Pedras Rubras 2-1 Anadia
Pedras Salgadas 2-1 Atl. Ouriense
Marinhense 0-6 Torreense
Vilaverdense FC 1-2 Gondomar
Vianense 0-0 (1-3)g.p. Serzedo
Vizela 4-3 (a.p.) Sousense
Eléctrico 2-3 Tondela
Cova da Piedade 1-0 Silves
Atlético CP 4-0 Moimenta da Beira
Tirsense 1-1 (5-3)g.p. U. Leiria
Caldas 1-1 (1-3)g.p. Santa Maria
Chaves 3-1 Louletano
Sourense 2-1 Santa Clara
Câmara de Lobos 0-2 Mortágua
Naval 1.º Maio  0-2 (a.p.) A.D.Fafe
Benfica C.Branco 0-0 (5-4)g.p. Sertanense
Trofense 6-0 Febres
Vila Real 2-3 Casa Pia
Boavista Ribeirinha 0-3 FC Felgueiras
Ac. Viseu 1-2 Famalicão
Sp. Pombal 1-0 (a.p.) Limianos
Cinfães 1-1 (4-5)g.p. SC Coimbrões
Cesarense 1-3 Sp. Covilhã
Beira-Mar 4-2 Sintrense
Ribeirão 4-0 CD Gouveia
Sacavenense 0-0 (1-3)g.p Vieira sc
Loures 2-2 (1-3)g.p. AD Oliveirense
Amora 3-2 (a.p.) U. Madeira
At. Malveira 1-5 Varzim
CCD Santa Eulália 2-1 Leixões
At. Reguengos 3-1 Sport Clube Paivense
Operário Lagoa 1-1 (3-1)g.p. Lusitano FCV
Alcanenense 2-0 Lusitânia Lourosa
Oriental 3-2 (a.p.) Farense
Portimonense 1-2 Real
Mosteirense 0-4 Salgueiros 08
Angrense 0-1 Vit. Sernache
At. Riachense 3-2 (a.p.) SC Praiense

Andebol: Avanca 25 – 19 AC Fafe : 11 golos de César Gonçalves não foram suficientes


Texto: Abel Castro/Foto: RD


Nesta última jornada referente ao Campeonato Nacional da 2.ª Divisão, o jogo em destaque era precisamente a AA Avanca e o AC Fafe, equipas que na passada temporada figuravam na 1.ª Divisão Nacional.
O jogo terminou com a vitória da AA Avanca, e coincidentemente com a primeira derrota do AC Fafe, que já perdia ao intervalo por 14-10.
A excelente exibição, coroada com os 11 golos César Gonçalves, não foram suficientes para evitar a derrota do ACF, perante um Avanca que se vingou da derrota sofrida na jornada anterior.

Marta Noval...a habitual propensão para ser nº 1 ! Campeã fafense venceu as 2.ªs Regatas da Amora!

Texto: Abel Castro/Foto: RD


A fafense Marta Noval voltou a estar no lugar mais alto do pódio, ao vencer no passado sábado as 2ªs Regatas do Clube de Canoagem de Amora
Num universo de mais de 100 atletas e sete clubes, Marta Noval conseguiu o 1.º lugar na categoria K1 sénior feminino!
Parabéns Marta!


Só ontem, tivemos 4.293 visitas...Sintomático!

domingo, 28 de setembro de 2014

Iniciados A.F. Braga: Desp. Ronfe, 1 - Arões S.C., 4 : Máquina afinada rola quatro vezes melhor!


Por: Gonçalo Pontes


Iniciados do Arões Sport Clube entram com o pé direito no campeonato!

6 – Goloooo! Canto apontado por João Carlos, guarda-redes a socar a bola para a frente de Francisco que de pé esquerdo finaliza, pondo o Arões em vantagem.
9 – Arões conquista um livre perto da linha de fundo, bola batida para a área e Francisco cabeceia á barra. Grande oportunidade para a equipa Aronense.  
10 – Goloooo! Tiago bate tenso para a velocidade Diogo Lopes , que ganha posição pela esquerda , cruza rasteiro para a entrada da área onde aparece Leandro a fuzilar e a aumentar a vantagem.
13 – Atraso de bola de João Carlos para o seu guarda redes , que sem se aperceber que tinha sido o seu colega a  passar-lhe a bola , a agarrou. O árbitro prontamente apontou a falta mesmo em cima da linha de área. Remate forte na cobrança do livre , Tiago a redimir-se fazendo uma grande defesa com as pontas dos dedos desviando a bola para o poste.
30 – Goloooo! Jogada de envolvimento do ataque do Arões, Leandro foge pela direita ganha espaço e remata forte, o guarda-redes defende para a frente onde aparece Filipe mais rápido que os defesas contrários, a devolver a bola a Leandro que remata para o fundo das redes. Estava feito o 3-0, jogava bem a equipa Aronense.
Início da segunda parte sem grandes lances de perigo, com o Arões a controlar o jogo.
53 – Goloooo! Troca de bola no ataque Aronense , com João Carlos a ficar isolado e a rematar rasteiro desviando a bola do guarda redes contrario. Estava feito o quarto para o Arões.
64 – Avançado do Ronfe aparece isolado na frente de Miguel que minutos antes tinha substituído Tiago na baliza do Arões, remata forte , e grande defesa de Miguel para canto.
67 – Golo! Jogada de contra ataque para o Ronfe, com um jogador a ir á linha de fundo, cruzar atrasado, onde aparece o seu colega a rematar para o fundo da baliza de Miguel.
Fim do jogo. Arões a entrar bem no campeonato, goleando o Ronfe por 4-1.




Juniores A.F. Braga: Polvoreira, 6 - G.D. Fareja, 1: Há ainda pormenores a acertar...

Texto: Sérgio Ferreira/Foto: RD


Iniciou-se mas não da melhor maneira o campeonato para a equipa do GDCR Fareja.
A equipa do Fareja visitou a formação do Polvoreira, outra equipa que iniciou equipa de juniores esta época, mas que mostrou estar melhor preparada para o campeonato do que o Fareja. 
Num jogo com muitos erros defensivos da formação visitante o Polvoreira fez seis golos, dois deles através de grandes penalidades estas bem assinaladas. 
Notou-se a falta do meio campo dos homens de Fareja que nunca conseguiam estar no devido local onde o Polvoreira partia as iniciativas das suas jogadas tendo havido muito tempo para os homens de Guimarães pensarem no que iriam fazer. O golo do Fareja teve assinatura de Teixeira. 
Na próxima jornada o Fareja recebe a formação do Mota FC. O jogo ficou ainda marcado pela lesão do guarda-redes Pedro que foi substituido por Vasco.

O Fareja alinhou com : Pedro Fonseca ; Juliano Ribeiro ; Fábio Silva ; Hugo Pacheco ; André Lopes ; Faria ; Radikal ; Caixotas ; Sardinha ; Angelo Rafael e Tiago Ramos.

Jogaram ainda : Vasco ; Teixeira e Pedro Ribeiro


Treinadores : Vasco Coelho e Fifi

Baja TT - Rota do Douro : Fafense Mário Castro só sabe vencer!

       Redacção/Foto Aperspeed
    A vitória, que foi para Miguel Barbosa, tendo como co-piloto Mário Castro,  por 22 segundos de diferença. Rómulo Branco garantiu o terceiro lugar na frente de Nuno Matos, que finalmente termina uma prova. João Belo e André Amaral completam o top 6.



    Uma vitória importante que relança o campeonato.

    "Para esta prova apenas a vitoria interessava e toda a equipa trabalhou muito para que tudo resultasse na perfeição. No prólogo optamos por não lutar pela vitória no mesmo porque não queríamos abrir a estrada no dia seguinte e ficamos em terceiro, o lugar perfeito....

    Já para sábado a nossa postura mudava radicalmente. Atacamos ao máximo desde o primeiro metro e não só anulamos a desvantagem que tínhamos de 19 segundos como ainda fomos ganhando vantagem instalando-nos no primeiro posto. Ao fim dos 225km estávamos em primeiro com uma vantagem confortável para o Ricardo e por isso restou-nos levar o carro até ao fim. Felizmente conseguimos mais um vitória que coloca o Miguel a depender apenas dele para ser campeão. Da minha parte estou também contente com este resultado numa prova muito difícil em termos de navegação mas que tudo acabou por correr bem" disse o fafense Mário Castro.



Pró-Nacional: G.D. Porto D'Ave, 0 - Arões S.C., 0 : Arões não marca e "empata" em Taíde. - Aronenses falham assalto à liderança.



Texto e fotos: Rui Silva

Arões não marca e “empata” em Taíde.

- Aronenses falham assalto à liderança.

Após a derrota caseira perante o Torcatense na última jornada e a consequente perca do 1º lugar, o Arões dispunha hoje de uma boa oportunidade para voltar à liderança, face a derrota do Torcatense em Guimarães frente ao Maria da Fonte que destronou a equipa da casa, assumindo provisoriamente o comando do pró-nacional.

Num terreno tradicionalmente difícil, foi o Arões foi quem tentou tomar as rédeas do jogo, perante uma equipa do Porto de Ave pressionante e que procurava servir Roger com bolas metidas na frente.

Todos conhecem as qualidades de Roger e sabem o seu valor, mas o atleta/homem teve por volta do quarto de hora de jogo, uma atitude anti-desportiva, “agredido” Fernando Beijinhos, num lance que passou despercebido à equipa de arbitragem.

O Arões criaria uma boa oportunidade quando André sobre a direita serviu Zézé que chegou atrasado para a emenda. O Porto de Ave foi respondendo mais com lances de bola parada enquanto o Arões tinha dificuldade em organizar o seu jogo perante pressão constante sobre o homem da bola por parte do meio campo Portodavenses.

O Arões voltaria a criar perigo junto à baliza de Abreu com Agostinho a servir Zézé que falharia o remate para golo.

Porto Ave responderia com um contra-atque lado direito cruzamento perigoso para Roger encostar, mas por cima da baliza de Paulo Jorge.

A equipa de Miguel Paredes dispôs ainda de dois cantos antes do intervalo, num deles a bola sobrevoou toda a área do Porto de Ave sem que ninguém surgisse para emendar.

No regresso do intervalo nenhum técnico efetuou mexidas e seria novamente o Arões a ter a iniciativa de jogo. Ao minuto 55, Pablo desmarca Zézé que já na pequena área puxa para traz, quando poderia ter rematado, acabando por perder a bola. O Porto de Ave respondia com lances rápidos de gera que tentava servir Roger.

Ao minuto 65 Abreu lesionado daria o seu lugar a Rafa, outras alterações aconteceram, com os técnicos a tentarem mexer no jogo. Do lado do Porto de Ave Bom Jardim entrava para o lugar de luís Filipe e Miguel Paredes tirava Pablo e Raimundo lançando Barbosa e Gustinho.

As substituições não trouxeram melhorias, e pelo contrário seguiu-se um período em que o Porto de Ave estaria por cima, sem que criasse perigo.
Os fafenses tentariam novo assalto, mas sem sucesso, pois esbarravam num bloco defensivo bem estruturado.

O irrequieto Gera teria uma exelente oportunidade a poucos minutos do final do jogo, num lance muito rápido, contorna Paulo Jorge rematando à baliza, mas Fernando beijinhos no papel de “pronto socorro” cortaria a jogada para canto.

O Arões respondeu de canto, Agostinho cobra para Raimundo penteia a bola, sobrando para André que só na pequena área remata por cima.

O empate acabaria por permanecer até ao apito final, sendo que se aceita o nulo face à produtividade das equipas que lutaram muito a meio campo, dispuseram de algumas oportunidades, mas sem conseguirem alcançar o golo.


Jogo realizado no Parque de jogos de Porto d´Ave. Porto Ave – Póvoa de Lanhoso.

Árbitro: Gaspar Castro, auxiliado por Nuno Salgado e Luís Salgado.

GD PORTO AVE
Abreu (Rafa, 65’), Giane, Montenegro, Costa, Jorge Miguel, Shweppes, Geraldo (cap.), Luís Filipe (Bom Jardim, 69’), Bruno Monsul, Cláudio (Rui Ossos, 85’) e Roger.
Treinador: Guilherme Ramos.

ARÕES SC
Paulo Jorge, Marquinhos, Fernando Beijinhos (cap.), Nandinho, Zezinho, Néné, Pablo (Gustinho, 75’), Agostinho, André Sampaio (Garcia, 85’), Raimundo (Barbosa, 69’) e Zézé.
Treinador: Miguel Paredes.




Divisão Honra: G.D. Travassós, 2 - Pevidém S.C., 0 - Travassós continua a dar cartas


Texto e foto: Abel Castro

O Grupo Desportivo continua paulatinamente a somar pontos no Campeonato da Divisão de Honra da A.F. Braga.
Desta vez a "vítima" foi o Pevidém, que teve pela frente uma equipa do Travassós sempre nelhor em toda a partida.
Mickey teve duas soberanas oportunidades para se adiantar no marcador logo nos minutos iniciais.
A jogar deliberadamente ao ataque, o jogo foi no entanto empatado para o intervalo.
Na segunda metade vieram os golos que faltaram na primeira, com Zé Beto a marcar um excelente golo através de um remate de fora da área.
Ainda mais lançada no ataque, a equipa de Paulinho chegou ao segundo golo. Mickey descaído para a esquerda flectiu para o centro do terreno, rematando depois à baliza, onde contou com a colaboração do guardião do Pevidém que foi infeliz e abordou mal o lance.
Com esta vitória, a segunda em três jogos, o Travassós segue na liderança da tabela, repartida com o Antime.
Na próxima ronda, o G.D. Travassós vai defrontar o Gerês.

G.D. Travassós: Tozé, Tiago, Fernando, Samu, Calicas, Fernandes, Carvalho, Lapinha, Ricardo, Nuno Gonça e Zé Beto.
Jogaram ainda: Paulo César, Toninho e Gil.
Treinador: Paulo Soares (Paulinho)

CRP Delães, 1 - A.C.D. Pica, 0 : Arbitragem de Flávio Sousa "não esteve" com a equipa do Pica!

Texto e foto: Abel Castro


Não foi nada fácil nem tranquila a partida que o Pica disputou em Delães.
Sem fazer um jogo semelhante aos anteriores, é verdade isso, a equipa de Marcelo Fernandes também foi muito condicionada pela equipa de arbitragem.
Se o Pica criasse situações de perigo na área da casa, ou havia fora de jogo ou uma qualquer falta atacante, e isso naturalmente tem reflexos na mente dos atletas, que para além de ser jogadores são homens, e pensam, como é óbvio.
O único golo da partida nasceu a um minuto do intervalo na sequência de uma falta "como uma casa" a favor do Pica, segundo nos disseram. Ora a equipa parou à espera que a bola lhe fosse dada, mas de repente a falta inverteu-se a favor dos da casa, que de imediato meteram a bola nas costas da defensiva e fizeram o golo com a equipa do Pica praticamente inerte.
Para a segunda metade os fafenses tentaram de várias formas chegar pelo menos ao empate, mas na zona da área adversária havia sempre algo que impedia que as jogadas tivessem finalização, porque o apito ou a bandeira proibiam os avanços do Pica.
Perto dos últimos minutos, numa jogada, segundo informações recolhidas, em que um jogador cai fora da área dois metros, o árbitro ordenou que se marcasse um penalti. Na conversão do dito, a bola saiu ao lado da baliza de Marçal.
Tal como dizemos de início, o Pica não fez uma uma partida, não senhor, mas com tantas condicionantes torna-se humanamente impossível reagir e fazer melhor.

A.C.D. Pica: Marçal, Laureano, Abreu, Tiago, André Daniel, Catita, Edu, Raul, Feirinha, Pedro Mendes e Rafa.
Jogaram ainda: Álvaro, Vasco e Joel
Treinador: Marcelo Fernandes

1.ª Divisão Distrital: U.D. Airão, 1 - G.D. Silvares, 1 - Silvares com razões de queixa do árbitro !


Texto: Abel Castro
Foto: Mariana Teixeira


O G.D. Silvares entrou bem nesta partida contra o Airão. 
Numa primeira parte dividida, em que podia ter surgido um golo para qualquer das partes, o primeiro da partida surgiria para a turma do Silvares nos primeiros minutos da segunda metade (51). Mike arrancou mais um golaço para colocar a sua equipa na frente do marcador.
Aos 65 existiu um penalti que só o árbitro descortinou, segundo nos informaram, mas o keeper do Silvares, Júlio, fez justiça pelas próprias mãos e defendeu o castigo máximo. 
Em toda a segunda parte o Silvares foi de longe a melhor equipa sobre o terreno, criando várias situações de golo.
Quando se pensava que o G.D. Silvares iria trazer uma vitória de Airão, aos 95 minutos o árbitro assistente descortinou uma grande penalidade contra a equipa de Philip Cunha "PH". Desse lance resultou uma expulsão directa para Ratão e segundo amarelo para Rafa!
O Airão chegou então ao golo do empate, assim de uma forma muito esquisita e conseguida no último minuto de jogo! Assim custa Muito!

Taça de Portugal: Naval 1.º Maio, 0 - A.D. Fafe, 2 (após prolongamento) Venha de lá o próximo!!!

Texto e fotos: Abel Castro

 Jogo no Estádio José Bento Pessoa, na Figueira da Foz.

Árbitro:Jorge Ladeiras (A.F. Santarém)
Assistentes: Fernando Ferreira e Edgar Duarte


Naval 1.º Maio: Gonçalo Carvalho, Tito Júnior, Tiago Correia, Sérgio Grilo, Jardel Nazaré (Iduíno 77), Michel Rondon, Bruno Brito, Zé Pedro, Nuno Tavares (Mita Pedrous 74), André Ferreira (Iduíno 42) e Júnior Mendes.
Treinador: Tiago Raposo

A.D. Fafe: Lopes, Raviola, Xavi (Fred 81), Ricardo Fernandes, Herculano, André, Silvestre, Cordeiro, Ferrinho (Nuninho 46), Vasco Costa (Vasco Cruz 75) e Sócrates.
Treinador: Agostinho Bento.

Algumas alterações na equipa do Fafe para este jogo da Taça de Portugal.Lopes surge na baliza, Raviola na direita da defesa e Cordeiro no meio campo, para os lugares de Marçal, Vasco Cruz e João Nogueira, respectivamente.
Após um minuto de silêncio guardado em memória de Fernando Cabrita, deu-se o início da partida a contar para a 2.ª eliminatória da Taça de Portugal.
Boa abordagem inicial ao jogo por parte do Fafe, com Ferrinho em destaque nos primeiros 5 minutos.
9' - Canto para o Fafe batido por Cordeiro, que saiu muito largo.

Com a equipa do Fafe a dominar o início da partida, a Naval beneficiou de um canto ao minuto 14'.
21' - Livre cobrado por Silvestre ao segundo poste, surgindo Xavi a cabecear ligeiramente ao lado da baliza.
26' - Naval esteve muito perto do golo. Num livre frontal, jogada estudada, Júnior Mendes enviou uma "bomba" que Lopes parou com uma excelente defesa para canto.
32' - Vasco Costa numa excelente iniciativa individual foi placado pelo guardião da casa, num lance para penalti indiscutível. Silvestre atirou de forma a permitir a defesa a Gonçalo Carvalho.

O Fafe não esmoreceu com a grande penalidade falhada por Silvestre, continuando a ter sempre a iniciativa e mais posse de bola.
O árbitro escalabitano, Jorge Ladeiras, começou a denotar um certo caseirismo na sua actuação. Lances duvidosos eram sempre a favor da Naval 1.º Maio.
0-0 ao intervalo, ficando na retina o minuto 32, momento do penalti que o Fafe desperdiçou.
Para a segunda parte Ferrinho ficou no balneário, com cartão amarelo, entrando para o seu lugar o esquerdino Nuninho.

Início da segunda metade dividida, com a bola a rondar ambas as balizas, sem perigo.
53' - Livre para o Fafe descaído para a esquerda junto à área batido por Cordeiro. Sócrates ainda meteu a cabeça à bola, tendo a mesma embatido no corpo de um defensor da casa.
61' - Fafe esteve à beira de marcar. Numa jogada atacante, a baliza do Naval ficou desguarnecida e Nuninho atirou por cima do travessão.
Fafe novamente a comandar o jogo.
65' - Responde a Naval em contra-ataque, com Júnior Mendes a obrigar Lopes a defesa acrobática.
70' - Sócrates efectuou uma grande corrida pela direita em direcção à baliza, deixando-se antecipar na hora do remate fatal.


81' - Xavi, lesionado numa coxa, saiu para a entrada de Fred. André baixou para central.
Com o jogo a aproximar-se dos 90 minutos, a partida encontrava-se de novo equilibrada e sem oportunidades de golo.
5 minutos de compensação, com a Naval a beneficiar de dois cantos consecutivos e a jogar mais ofensivamente.
Após o final dos 90 minutos empatados a zero, segue-se um prolongamento de 30 minutos.
Início do prolongamento com um livre de Cordeiro para as mãos de Gonçalo Carvalho.
97'- Livre muito perigoso a favor do Fafe. Nuninho foi derrubado por Tito, tendo este visto o segundo amarelo. Fafe agora em superioridade numérica.
101' - Vasco Cruz atirou para a baliza na pequena área, embatendo caprichosamente a bola na anca de um defensor da casa, quando ia para golo.

105 minutos, terminava a primeira parte do prolongamento, permanecia o 0-0, com o Fafe bastante melhor que a Naval neste período.
Início da segunda parte do prolongamento, com o Fafe novamente por cima.
110 ' Goooolo! Fred cruzou muito bem na direita, surgindo Cordeiro na frente da baliza a encostar de pé direito para o fundo da baliza.
115' - Nuninho furou bem pela direita, cruzou para a área, Cordeiro rematou enrolado e Vasco não fez melhor, perdendo-se uma excelente oportunidade do Fafe fazer o 2-0.
118' Goooooolo! Nuninho completamente endiabrado pela direita ganhou a dois homens da casa, cruzando depois para Sócrates encostar para o segundo golo, com a bola a embater ainda no poste antes de entrar.
Vitória da melhor equipa em campo, principalmente no prolongamento, onde evidenciou mais frescura física que a Naval 1.º de Maio.





























sábado, 27 de setembro de 2014

Juvenis: Ases S. Jorge, 1 - Guilhofrei, 1: Ases desperdiçou várias oportunidades!

Texto: Sérgio Ferreira/Foto DR


A equipa de Juvenis do Desportivo Ases São Jorge iniciou nesta tarde de sábado a sua campanha no campeonato ao receber no seu reduto a formação do Guilhofrei com quem empatou 1-1. 
Num jogo totalmente controlado pelos Ases que tiveram um numeroso lote de oportunidades desperdiçadas, o Guilhofrei acabou por ser feliz ao fazer um golo num contra ataque sendo que foi a única vez que conseguiram chegar a baliza de Paulo Jorge, contudo chegou para igualar a partida após os Ases estarem a vencer por 1-0 com golo de Vítor. 
Depois de o Guilhofrei ter empatado os Ases tentaram sempre chegar ao golo mas sem sucesso. Na próxima jornada os Ases S. Jorge visitam o UD Airão. 

G.D. Ases S. Jorge : Paulo Jorge ; Ruizinho ; Vítor Gonçalves ; Paulo Miguel ; David Fernandes ; Luís Leiras ; Tinoco ; Bareira ; Vasco ; Farias e Julinho 

Juniores A.F. Braga : U.D. Airão, 1 - A.C.D. Pica, 1 - Pica merecia melhor resultado!

Texto e foto: Abel Castro


O Pica deslocou-se nesta tarde de sábado a Airão, com a sua equipa de juniores, onde empatou a uma bola.
Os fafenses foram os primeiros a marcar, quando estavam decorridos 23 minutos da segunda parte. Bola ganha no meio campo por Duarte, que meteu a bola nas costas dos centrais, surgindo pleno de oportunidade Xavi a fazer um chapéu ao guarda-redes do Airão.
Num pelado de fraca qualidade, a equipa do Pica era a melhor em campo, dado que beneficiou de inúmeras oportunidades para ampliar a vantagem. 
Num pontapé de canto favorável ao Pica, o guardião da casa amarrou a bola, colocando rapidamente na frente, onde o extremo esquerdo da casa se preparava para fazer estragos. Pedro Cunha travou-o em falta e viu o segundo cartão amarelo. Isto aos 41 minutos da segunda parte. 
Mesmo no final, 90 minutos, o Airão chegou ao golo da igualdade através de um remate de fora da área. O guardião do Pica Zé Carlos defendeu para a frente surgindo uma recarga que Ezequiel ainda tentou evitar mas não conseguiu.
O empate sabe a pouco para a equipa da Pica, uma vez que foi a melhor durante toda a partida.

A.C.D. Pica: Zé Carlos, António Gabriel, Ezequiel Castro, Paulo António, César Ribeiro, Carlitos Dias, Duarte Teixeira, Ricardo Cunha e Pedro Teixeira. 
Jogaram ainda: Jorge Monteiro, Luís Carvalho e David Xavier.
Treinador: Pedro Freitas

Taça A.F. Braga (1ª-mão, 1ª elim.) : Boa estreia da equipa! Vitória por 2-0 da Ass. Futsal Fafe/Sol Poente em Espinho!


                   Por: AFF



A Ass. Futsal Fafe/ Sol Poente estreou-se oficialmente durante a tarde de hoje, 27 de Setembro, nas provas oficiais de Futsal federado da A.F. Braga. Um momento histórico e logo corado com um saboroso triunfo por 2-0 diante da formação do Espinho Activo.

 

Futsal Senior Masculino: ACR Lordelo, 2 - G.N. Álvares, 3 : Tudo em aberto para o jogo da segunda mão em Fafe!


Texto: Abel Castro/Foto DR


Num jogo a contar para a primeira mão da primeira eliminatória da taça da A.F.Braga em Futsal, os seniores masculinos do Grupo Nun’Álvares  entraram bem na prova, ao vencer  em Lordelo, o ACR local por 3-2.
A equipa do Lordelo adiantou se no marcador.
O golo do empate nasce de um canto onde a passe de Shake com Diogo Rafael na cara do guarda-redes a bater colocado.
O segundo golo marcado por Mateus nasceu numa boa jogada de entendimento de toda a equipa, aparecendo Mateus descaído para a esquerda do ataque do GNA rematando de trivela colocado a equipa a vencer
Ao intervalo o GNA vencia por 2-1
No segundo tempo um Lordelo mais pressionante acaba por chegar ao 2-2
O terceiro golo nasceu de uma jogada de insistência de Fonseca, que bastante pressionado, consegue mesmo assim segurar a bola e coloca-la de forma primorosa Ribeiro que frente ao guarda-redes não facilitou e fez o resultado final de 2-3.

GNA: Vitinha (gr),Diogo Rafael, Ribeiro, Hugo Lemos, João Vítor, Mateus e Shake,
Banana e Fonseca também jogaram.





1.ª Divisão A.F. Braga: G.D. Fareja, 1 - S. Paio, 1 : Grande jogo por parte do Fareja, com Coelho na cartola!

Texto: Abel Castro/Fotos RD


No seu jogo de estreia nos Campeonatos da A.F. Braga, o G.D. Fareja empatou a uma bola, perante uma equipa bastante experiente e rotinada nestas andanças, como é indubitavelmente o S. Paio .
Ao intervalo já se verificava uma igualdade a um golo, que viria a ser o resultado final, marcando para a equipa de Rafael Leite o seu jogador Coelho.
O G.D. Fareja esteve melhor a todos os níveis, quer defensiva, quer ofensivamente.
Os visitantes jogavam e apostavam somente no futebol directo para a área do Fareja.
Na segunda parte o Fareja voltou a dominar e a ter oportunidades para desempatar a partida. Coelho aos 65 minutos, na saída guarda-redes vizelense fez um chapéu que saiu rente ao poste.
Barbosa na marcação de um livre ainda marcou golo, sendo marcado fora jogo .
Sempre a jogar de forma ofensiva, Moisés teve por três vezes chances de golo falhando no último momento.
A equipa fafense do G.D. Fareja teve uma grande entrega é um bom futebol neste seu primeiro jogo nos campeonatos distritais. Faltam ainda limar umas arestas, mas a equipa está no bom caminho.

G.D.Fareja: Luís, Henrique, Barbosa,Fifi,Jp, Ferrinho, Zé, Aimar, Coelho , André  e Moisés
Jogaram ainda: Júnio, Vasco e Pirolas.
Treinador: Rafael Leite

Juvenis : Vasco da Gama, 1 - Vieira S.C., 1 : Inicio prometedor com um empate que podia ser vitória !


Texto: Sérgio Ferreira/Foto: RD


Golo mal anulado ao Vasco da Gama perto do final do jogo, adjunto Paulo Vieira expulso e muitos foras de jogo mal assinalados !
Começou o campeonato para a equipa de Juvenis do Vasco da Gama, frente a uma equipa com grande nome como o Vieira SC os comandados de José Alberto entraram um pouco adormecidos no jogo e num lance aos 4 minutos o Vieira inaugurou o marcador. Ricardo fez uma boa defesa a um primeiro remate mas na recarga o homem de Vieira lançou um foguete a baliza do Vasco da Gama inaugurando o marcador.
O Vasco ia tentando reagir mas foi o Vieira a criar perigo novamente e a estar por cima da partida com a bola a passear na área do Vasco e a embater 2 vezes na trave da baliza de Ricardo.
Perto da meia hora de jogo Carlos teve nos pés uma oportunidade para empatar o encontro contudo o remate saiu fraco e ao lado da baliza. Ainda assim o Vasco da Gama ia contra-atacando após falhas de passes de jogadores do Vieira mas o fiscal de linha não deixou os homens de Medelo aproximar-se da baliza do Vieira. O jogo foi para intervalo com os visitantes a vencer por 1-0.
Na segunda parte o Vasco da Gama mudou de atitude e de identidade e foi crescendo no jogo até que aos 65 minutos num lance de agitação na área do Vieira, Carlos aproveitou uma falha da defensiva visitante e cabeceou para o golo da igualdade. O Vieira respondeu num remate de longe com Ricardo a fazer uma boa defesa e de seguida os homens de Vieira voltaram a mandar uma bola à barra que levava selo de golo.
Perto dos minutos finais o Vasco da Gama chegou mesmo a fazer golo, contudo o fiscal de linha desta vês viu bem , até demais anulando um golo perfeitamente limpo aos homens da casa que viriam a perder o seu adjunto por reclamar por causa do mesmo lance.
Ainda sim um homem dos visitantes tentou por 2 vezes agredir os atletas do Vasco da Gama sendo punido apenas com uma amarelo e ainda Carlos num lance de contra ataque é travado em falta escandalosa e o juiz da partida mostra o cartão amarelo ao avançado do Vasco.
Uma pouca vergonha mas a que louvar a fé, força e espírito de sacrifício dos homens da casa que deram tudo por tudo para chegar a vitoria mas desta vez não foi possível.
Na próxima jornada o Vasco da Gama folga e de seguida recebe no seu reduto o Guilhofrei a 3.ª Jornada.

O Vasco da Gama alinhou com : Ricardo ; Alex ; Diogo ; Mika ; Rúben Gonçalves ; Marco Oliveira ; Mocas ; João Campos ; João Moura ; Jota Almeida e Carlos.

Jogaram ainda : Renato e João Miranda. Suplentes não utilizados : Diogo Castro ; Barrabaz e Francisco.

Treinador : José Alberto / Treinador Adjunto : Paulo Vieira / Delegado : Armindo Cunha.

G.C.D. Regadas, 4 - C.D. Ponte, 2 : Regadas em bom momento volta a vencer!


Texto: Abel Castro/Fotos: RD


O G.C.D. Regadas averbou a sua segunda vitória consecutiva no Campeonato da Divisão de Honra da A.F. Braga, após ter vencido o Emilianos fora de portas por 2-0.
Neste jogo a equipa não teve um bom início de jogo, e curiosamente os golos surgiram numa fase em que se jogava mais na zona intermediária, num jogo todo ele musculado e de enorme fibra.
Leandro abriu o activo aos 41 minutos, tendo Buga marcado o segundo golo em cima do intervalo. Por sinal um excelente golo. Buga rematou fora da área, a bola embateu caprichosamente nos dois postes fa baliza, antes de entrar definitivamente nas redes.
Para a segunda parte a equipa de Sérgio Pereira entrou mais determinada, e Nelinho teve uma excelente oportunidade para fazer o terceiro. Não fez à primeira, mas à segunda não perdoou, quando isolado, fez a bola passar por baixo do corpo do guardião vimaranense.
Buga viu o segundo cartão amarelo e o consequente vermelho, ficando os regadenses a jogar com 10 homens.
Mas o quarto golo surgiria por Samu, num remate em que a bola embateu ainda na barreira antes de entrar na baliza,
O Regadas relaxou com os 4-0 e o Ponte viria a reduzir nos instantes finais em dois lances algo facilitados. O último golo surgiu de penalti já na parte final do tempo de compensação.
Para a próxima jornada Sérgio Pereira não vai contar com Buga, castigado, e Nelinho lesionado. Mas para colmatar a saída destes, acontece o regresso de Pedro para a deslocação a Pevidém, onde o Regadas vai decididamente em busca de mais três pontos.

G.C.D. Regadas: Rafa, Sobrança, Luís, Marco, Tiago, Silva, Gomes, Rui, Buga, Leandro e Nelinho.
Jogaram ainda: Samu, Nuno e Anterinho.
Treinador: Sérgio Pereira

O.F.C. Antime, 1 - Emilianos F.C., 0 : Jonas esteve na base da segunda vitória seguida que dá liderança à condição!



Texto e foto: Abel Castro

Não foi nada fácil este triunfo do Antime sobre o Emilianos, equipa que havia perdido em casa com o Regadas por 2-0.
Mas a turma da Póvoa de Lanhoso veio para Antime jogar, essencialmente na primeira parte, toda atrás da linha da bola, dificultando ao máximo as transições atacantes da equipa de Carlos Salgado.
O golo que valeu a segunda vitória seguida surgiu aos 43 minutos, com Jonas a fazer um tento de belo efeito ao aproveitar da melhor forma uma segunda bola na área visitante.
Na segunda parte o Emilianos abriu mais o seu jogo, mas as oportunidades continuaram a pertencer ao Antime,
Foram diversos os cantos, os livres, mas a bola teimosamente não entrava.
Daí poder dizer-se com toda a legitimidade, que esta vitória é ume vitória essencialmente do colectivo, de uma equipa que percebeu que não há adversários fáceis pela frente, e que soube gerir com algum sacrifício uma vitória sempre imprevisível como é o resultado de 1-0.
Essencial foram mesmo os três pontos que o Antime somou, já leva 7 em três jornadas, e agora há que pensar já no próximo jogo em S. João de Ponte, um adversário que tem apenas um ponto, mas é sempre uma equipa "matreira" a jogar no seu pelado.
Com este triunfo, o O.F.C. Antime é líder à condição!

O.F.C. Antime: Rui, Beijinhos, Salgado, Neves, Serginho, Malhado, Raul, Pedro Ismael (Miguel), Castanha (Armando), Jonas (Patocas) e Serginho.
Treinador: Carlos Salgado

Camp. Nacional Juniores: Neves F.C., 2 - A.D. Fafe, 0 : Foi uma boa lição para o futuro

Texto e foto: Abel Castro

Num jogo que foi dividido, o Fafe falhou demasiados golos.

A qualidade da equipa adversária exigia concentração ao máximo, mas o Fafe não conseguiu ganhar as segundas bolas, mostrando-se a equipa da casa mais experiente neste capítulo.
O Neves F.C. acabou por chegar ao primeiro golo num lance de bola parada a meio da primeira parte.
A equipa do Prof. Ivo Castro sem se deslumbrar, acabaria por ter oportunidades para chegar à igualdade, por intermédio de Zé Pedro, João e Nuno Agostinho.
Para a segunda metade a A.D. Fafe entrou muito bem, voltando no entanto a falhar golos de forma infantil, inclusive, de baliza completamente escancarada.
Depois viria o pior momento do jogo, com Chico a sofrer uma entrada muito dura, tendo ficado bastante maltratado do lance com suspeita de uma fractura, facto que obrigou o jogador fafense a ter de ir ao Hospital de Viana do Castelo. 
Por parte dos fafenses continuava a existir uma estranha passividade quando jogavam na área do Neves F.C.
Os da casa acabaram mesmo por ampliar a contagem, num livre lateral, numa fase em que o Fafe já arriscava tudo para chegar aos ataques.
Vai ser de facto um campeonato muito difícil, como ficou novamente demonstrado, sendo este jogo uma lição para o futuro!
Refira-se que as saídas de Xico e Nuno Agostinho foram motivadas por lesão.

A.D. Fafe: Gonçalo, Xico (Scolari), Silva, Costa, Ricardo, Flávio, Lousada, Norberto (Carvalho), João Fernandes, Nuno Agostinho (Zé Miguel) e Zé Pedro.
Treinador: Prof. Ivo Castro

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Consulte os árbitros de futebol para o fim-de-semana


Por: Abel Castro

Lista de árbitros de futebol para o fim-de-semana

Taça de Portugal

Naval 1.º Maio – A.D. Fafe
Jorge Ladeiras (A.F. Santarém)

Camp. Nacional Juniores

Neves F.C. – A.D. Fafe (Juniores)
João Silva Pereira (A.F. Ponta Delgada)

Pró-Nacional

G.D. Porto D’Ave – Arões S.C.
Árbitro: Gaspar Castro
Assistentes: Nuno Salgado e Luís Salgado

Divisão de Honra

O.F. C. Antime – Emilianos F.C.
Árbitro: Tiago Ribeiro
Assistentes: Diogo Abreu e Cristiano Silva

G.C.D. Regadas – C.D. Ponte
Árbitro: Rui Mota
Assistentes: Paulo Mota e Luísa Azevedo

G.D. Travassós – Pevidém S.C.
Árbitro: Vítor Antunes
Assistentes: Miguel Coelho e Carlos Machado

CRP Delães – A.C.D. Pica
Árbitro:  Flávio Sousa
Assistentes: Raquel Correia e Paulo Vieira

1.ª Divisão Distrital

U.D. Airão – G.D. Silvares
Árbitro: Bruno Costa
Assistentes: João Costa e Eduardo Miranda

G.D. Fareja – S. Paio F. C.
Árbitro: Carlos Leite
Assistentes: Tiago Castro e Renato Castro