sexta-feira, 24 de março de 2017

João Nuno Sousa (Treinador da AD Fafe/ACR Fornelos) - Atingimos o que planeamos!


Texto e foto: Abel Castro

No final da partida o treinador João Nuno Sousa revelava um misto de insatisfação/alegria, primeiro devido ao golo sofrido no último minuto, mas também porque a sua equipa acabava por liderar isolada a prova e ainda porque garantiu praticamente a presença na fase de subida.

O técnico disse à nossa reportagem;

"Isto é futsal, o jogos só terminam quando o árbitro apita e temos de estar concentrados até ao fim. Numa situação estratégica de cinco para quatro o nosso adversário acabou por marcar. 
Acho ainda que hoje não estivemos se calhar ao nível que costumamos, deixando criar algumas oportunidades que não são normais. O nosso adversário acreditou até ao fim e mereceu esse prémio.
Os meus meninos colocaram a fasquia muito alta, é verdade que somos líderes isolados, agora há que arcar com essa pura realidade e continuar a trabalhar para fazermos sempre as coisas bem feitas.
É sempre melhor estar em primeiro que em último, a pressão é maior, é verdade, mas eu prefiro assim.
Vamos trabalhar com afinco, até porque com este ponto estamos praticamente na fase de apuramento, atingindo os nossos propósitos delineados desde o início do campeonato", referiu.


quinta-feira, 23 de março de 2017

Futsal AF Braga: AD Fafe/ACR Fornelos, 1 - Santo Tirso, 1 - Fafenses são líderes isolados e estão na fase seguinte!

<br /> Texto e fotos: Abel Castro

A equipa de futsal da AD Fafe/ACR Fornelos realizou nesta noite de quinta-feira o primeiro de dois jogos que tinha em atraso, não indo além de uma igualdade a um golo, mas com este resultado a equipa de João Nuno Sousa é líder isolada e já está garantida na fase seguinte, que dá acesso à subida de divisão.

A ADF/ACRF entrou bem na partida, com Gigo a criar muito perigo logo aos quatro minutos.

No minuto seguinte o camisola 23 voltou a estar muito perto do golo, mas Miguel, guardião visitante, opôs-se bem.

Na resposta foi o Santo Tirso a testar a atenção de Vitinha na baliza, evitando o golo com defesa segura.

O primeiro golo do encontro surgiu para a ADF/ACRF quando estavam corridos 9 minutos. Taipas efectuou uma excelente rotação e atirou de pé direito para um grande golo.

Com a equipa de Fafe melhor na partida, os visitantes só aos 16 minutos se acercaram com algum perigo junto da baliza de Vitinha.

Aos 17' David foi bem municiado por Taipas na direita, rematando depois com estrondo ao poste direito da baliza de Miguel. O Fafe estava melhor, mesmo sem realizar um grande jogo.

Em cima do intervalo foi Gigo a enviar uma bomba à baliza do Santo Tirso, mas Miguel, boa exibição, evitou o segundo golo da AD Fafe.

Para a segunda etapa do jogo os homens de Santo Tirso regressaram com uma atitude mais ofensiva, mas a turma de João Nuno jogava de forma assertiva e não permitia grandes veleidades aos visitantes.

Aos 27  minutos a ADF/ACRF merecia de novo chegar ao segundo golo, mas o remate fortíssimo de Bruno Pereira foi de novo parado pelo gigante Miguel.

Aos 32' David bateu um livre, com a bola a rasar o poste direito.

Domingos fez o mesmo volvidos dois minutos, mas a bola voltou a sair ao lado.

A quatro minutos do final os visitantes reagiram e estiveram perto de empatar.

A um minuto do final o Santo Tirso adoptou o sistema 5x4 e alcançou o golo da igualdade.

Já sobre o último minuto o Fafe beneficiou de um livre directo, mas já não houve tempo para a marcação do mesmo.

Em suma, a ADF/ACRF merecia ter vencido esta partida, porque foi sempre a equipa mais ofensiva, que mais rematou e que mais procurou o golo.

quarta-feira, 22 de março de 2017

Jogo-treino: AD Fafe, 1 - Boavista FC, 1 - Preparar a recepção ao FC Porto "B"


Fonte: ADF

Na manhã de hoje, quarta-feira, a equipa sénior da AD Fafe recebeu o primodivisionário Boavista FC no Estádio Municipal de Fafe, partida onde empatou a uma bola.

O golo da equipa fafense surgiu através de Pedro Pereira, com um livre direto executado de forma exemplar. A equipa que iniciou foi um misto de jogadores com mais e menos minutos na época, tendo a oportunidade de alguns jogadores darem, no final do jogo treino, umas boas "dores de cabeça" ao treinador.

O onze inicial foi composto por Ricardo Fernandes, Vasco Cruz, Materazzi, Dmytro, Jota, Edmund, Silvestre, Samu, Evandro, Digas e Alan Júnior. 

Várias trocas foram feitas, principalmente no intervalo, de forma a que todo o plantel apto a jogar conseguisse participar no treino. 

Registaram-se as ausências de Reinildo e Oliver Šarkić, que estão fora do país a serviço das respetivas seleções de futebol.

Deu-se assim continuidade aos trabalhos de preparação para o AD Fafe x FC Porto “B”, jogo da 34.ª jornada da Ledman LigaPro, que se irá realizar no Estádio Municipal de Fafe, às 20h00 do dia 3 de abril. 

O jogo ficará marcado pela “inauguração” da iluminação artificial do estádio e pela transmissão em direto na Sport TV.


Gesto que se saúda... AD Fafe recebeu hoje no Estádio 10 dos mais antigos sócios


Fonte: ADF

A AD Fafe recebeu hoje, quarta-feira, nas suas instalações  dez dos mais antigos sócios da AD Fafe. Entre eles, estão 531 anos de associação à Mágica. Por esta lealdade e paixão, vamos ficar sempre gratos, refere o site do clube.
Pena não constar na foto o meu progenitor, Sr. José Manuel Castro, associado com mais de 50 anos!





terça-feira, 21 de março de 2017

AD Fafe e Boavista FC em jogo treino esta quarta de manhã


Por: Abel Castro

Tendo em conta as paragens dos respectivos campeonatos devido à actuação da Selecção Nacional no próximo fim-de-semana, a AD Fafe e o Boavista FC defrontam-se esta 4.ª feira no Estádio Municipal de Fafe, a partir das 10H00 para um treino de conjunto.

Futsal: AD Fafe/ACR Fornelos é líder da tabela com menos dois jogos por disputar!


Redacção


A equipa sénior de Futsal da AD Fafe/ACR Fornelos é neste momento a turma que lidera o campeonato, com 40 pontos, os mesmos do CR Candoso, mas os fafenses têm menos dois jogos por disputar, ao contrário do Candoso, que tem somente um jogo em atraso.

Um deles realiza-se esta quinta-feira às 21H30 no Pavilhão do Colégio de Fornelos, tendo como adversário o Santo Tirso, o que pode dar o comando isolado à turma orientada por João Nuno Sousa.

A equipa está bem, atravessa um momento extraordinário, o público afecto ao grupo não regateia esforços, o que só por si quer dizer que auguramos um enorme futuro a esta equipa de Futsal.

Vamos meninos!!! 




Próximo jogo AD Fafe vs FC Porto "B" joga-se dia 3 à noite com transmissão na Sport TV


Texto: AD Fafe
Foto: Gil Freitas

Através de um comunicado oficial da Liga Portugal recebido no dia de hoje, o jogo referente à jornada 34 da Liga LedmanPro no Estádio Municipal de Fafe, que opõe em campo a AD Fafe e o FC Porto B, sofreu uma alteração no dia e hora.

Este será o primeiro jogo no estádio da AD Fafe com direito a transmissão televisiva pela Sport TV e irá oficializar a estreia da luz artificial.

A partida será no dia 3 de abril, segunda-feira, às 20h00, colocando frente a frente o 20.º e 14.º classificados, naquela que se perspectiva ser mais uma casa cheia.


segunda-feira, 20 de março de 2017

Grande perda para a AD Fafe: Eng.º António José Silva demite-se do Conselho Fiscal para ser candidato à Junta de Freguesia de Fafe!


Redacção

O Engenheiro António José Silva, um indefectível associado, amigo, adepto, dirigente e acompanhante em todos os momentos da AD Fafe está de saída dos Órgãos Sociais do Clube, onde desempenhava as funções de Presidente do Conselho Fiscal, uma vez que assumiu a candidatura à Junta de Freguesia de Fafe, não havendo portanto compatibilidade de funções.

Trata-se efectivamente de uma enorme perda para a AD Fafe, ele que é um HOMEM, que, tal como o seu pai, António Silva, ex-presidente da Direcção, têm grande parte da sua vida ligada e dedicada com amor e dedicação ao clube maior da nossa cidade de Fafe, com excelentes provas dadas.

Em declarações enviadas à nossa Redacção, o Ilustre Engenheiro António Silva (Tozé) disse;

"Venho por este meio, comunicar que já não sou o Presidente do Conselho Fiscal da Associação Desportiva de Fafe, em virtude da minha candidatura à Junta de Freguesia de Fafe. 
Sou sócio da Associação Desportiva de Fafe há 34 anos, fui membro da Comissão de Gestão entre 2013 e 2015, numa das alturas mais complicadas da vida do Fafe e tornei-me Presidente do Conselho Fiscal na Assembleia Eleitoral do ano 2015. 
Esta decisão de apresentação do meu pedido de demissão, ao Presidente da Assembleia Geral, que foi aceite, prende-se com o facto de me encontrar a preparar a candidatura à Assembleia de Freguesia de Fafe, processo que, como terá de ser visto para a Cidade de Fafe, a nível das Associações todas e não neste particular, unicamente do Fafe, me fez com que esta decisão tivesse de ser tomada. 
A minha ligação ao Fafe jamais será perdida, Clube que aprendi a gostar, a amar, através do meu Pai, que já foi Presidente do Clube, entre 1998 e 2002 e tenho a certeza que, nunca perderei este afecto, estando sempre disponível, a ajudar desde que hajam condições para isso. 
Atualmente ajudo, como sócio cativo e como adepto "ferrenho", não só no futebol mas, também no futsal, na natação e no combate, modalidades que contribuem bastante para o engrandecimento do Clube.  
No meu lugar, a substituir-me até ao final do mandato, que termina em Maio, fica António Jorge Barroso, que era o Vice-Presidente do Conselho Fiscal e que assim, assume a Presidência deste órgão importante do Clube, tendo a continuidade dos membros Ivo Machado, João Moniz Rebelo e Filipe Sousa.

Ao dispor para qualquer tipo de dúvida! 

Cumprimentos!
António José Silva, engenheiro civil

Mondinense FC de Carlos Salgado a cinco finais da subida ao CPP !


Redacção

Tem sido épico o desempenho do treinador fafense Carlos Salgado ao serviço do Mondinense FC.

Com ele a equipa nunca perdeu, com ele a equipa assumiu o primeiro lugar, com ele a liderança está forte!

Faltam somente seis jogos para o final da temporada na Divisão de Honra da AF Vila Real. A equipa de Carlos Salgado, Vítor Beijinhos e Ricardo vai actuar três jogos em casa e outros tantos fora de Mondim de Basto.

Neste fim-de-semana a equipa foi vencer categoricamente a Murça por quatro golos sem resposta, mantendo os seus cinco pontos de diferença para o SC Vila Real, que também venceu.

Apesar de faltarem seis jornadas para Carlos Salgado fazer regressar o Mondinense ao campeonatos nacionais, em termos práticos restam somente cinco vitórias para que tal aconteça.

E na eventualidade do Vila Real sofrer um percalço, a festa da subida em Mondim de Basto pode até surgir mais cedo!

Refira-se ainda que o Mondinense tem o melhor ataque da prova, 70 golos...é verdade 70 golos, sendo a segunda defesa menos visada com apenas 20 golos sofridos.

Em relação ao "blackout" da AD Fafe apenas dizemos isto...


Quem cala não consente, mas guarda a resposta para si próprio, afinal nem toda a verdade é conveniente.
Daniel U. Magri

AD Fafe: Consulte os resultados da Formação

Arões SC... firme e hirto no comando!


zerozero

br />


ACD Pica: Ficou mais difícil...mas ainda é possível!

br />


Apesar de tudo...GD Silvares ainda dá luta!



zerozero

br />

AD Fafe: Administração remete-se ao silêncio!


Fonte: ADF

A Associação Desportiva de Fafe, Futebol, SAD, vem informar todos os sócios e simpatizantes que, até decisão em contrário, toda a comunicação externa sobre a equipa sénior terá uma informação mais limitada, onde se salvaguarda, como exemplo, a antevisão às partidas e a conferência de imprensa posterior ao jogo.

Referimos que é uma decisão da administração que se iniciou já na passada sexta feira depois da mensagem do plantel para os sócios. 

Agradecemos toda a compreensão neste assunto e lamentamos qualquer transtorno causado àqueles que pudessem estar à espera da conferência após o empate a uma bola de ontem contra o SC Covilhã.

domingo, 19 de março de 2017

1.ª Div. AF Braga: Guilhofrei, 4 - GD Fareja, 1 - Com queixas da arbitragem!

Texto e foto: Abel Castro

Os primeiros minutos de jogo foram pautados pelo equilíbrio com ambas as equipas a jogarem perto da área uma da outra.

Num lance fortuito os locais chegaram ao golo, sendo que num alivio na área do Fareja, um jogador adversário ganhou um ressalto e ao mesmo tempo conseguiu introduzir a bola dentro da baliza.

Poucos minutos depois o Guilhofrei beneficiou de uma grande penalidade, a castigar entrada dura do guardião Artur sobre um jogador adversário, mas acabou por desperdiçar a mesma.

Volvidos alguns minutos o Fareja fez o golo que permitia a igualdade mas o mesmo foi anulado por suposta falta de um jogador seu numa bola dividida. Lance mal ajuizado uma vez que se desenrolou sem qualquer falta e dentro dos índices normais de jogo.

No segundo tempo os visitados acabaram por entrar melhor e com um caudal ofensivo mais elevado chegaram ao segundo e terceiro golo.

Os ferroviários ainda reduziram para 3-1 numa jogada colectiva finalizada por Zé Pinto, mas foi o Guilhofrei a chegar ao quarto golo através de uma grande penalidade na qual se desenrolou a expulsão de Migalhas por impedir o golo com um corte com a mão, contudo é de frisar que no mesmo lance existe falta sobre o guardião Artur quando o mesmo se preparava para amarrar uma bola.

Já perto do final Joãozinho viu o vermelho direto no banco e acabou também expulso.

GD Fareja: Artur; Sérgio; Fifi; Migalhas; Fábio Silva; Pedro Salgado; Pedro Ribeiro; Hugo Costa; Joãozinho; Zé Pinto e Adolfo.
Jogaram Ainda: Aimar; Zé e Nuno Fonseca.
Treinador: Hélder Oliveira


1.ª Div. AF Braga: GD Mosteiro, 1 - GD Silvares, 0 - GD Silvares não gostou!


Texto e foto: Abel Castro

Não correu nada de feição o jogo que o GD Silvares foi disputar a Mosteiro, Vieira do Minho.

Antes de mais a equipa não fez um grande jogo, também por mérito do Mosteiro que se bateu sempre bem.

Depois o Silvares tem razões de queixas da arbitragem, que supostamente não assinalou uma grande penalidade a seu favor, para depois marcar uma a favor do Mosteiro, que a desperdiçou.

O treinador do GD Silvares sente alguma tristeza e revolta pela forma como foi expulso do banco, mas também Mike recebeu ordem de expulsão aos 70 minutos.

O Mosteiro cresceu em superioridade numérica e acabou por fazer o golo da vitória a cinco minutos do final da partida.

A diferença pontual para o segundo classificado, Berço FC, é agora de 8 pontos, curiosamente o seu próximo adversário no dia 01 de Abril às 15H00.


Desp. Ronfe, 2 - ACD Pica, 0 - Assim começa a ficar mais difícil...

Texto e foto: Abel Castro

Num jogo entre duas equipas com aspirações diferentes, ambas entraram em campo muito fechadas e sem grandes oportunidades.

O Pica começou a criar algum perigo através de cruzamentos, mas faltava aparecer alguém para encostar. A equipa de Fernando Fontão estava por cima até ao intervalo.

De salientar o número 6 do Ronfe, que viu amarelo e ainda na primeira parte fez três faltas, uma delas na linha de área, frontal à baliza do Ronfe, mas o árbitro não quis expulsar este jogador.

Nesse mesmo livre Morais mandou por cima da barra.

O Pica estava por cima, bastante mais perigoso que o Ronfe mas chegou ao intervalo com 0-0.

A segunda parte foi bastante diferente, o Ronfe entrou melhor, mesmo sem criar situação de golo, mas tinha mais bola, mas num contra ataque André Jardim até podia ter feito o golo quando apareceu na cara do guarda-redes vimaranense.

O árbitro em pouco tempo acabou por mostrar dois amarelos a Miguel Soares, com bastantes queixas da parte do Pica, uma vez que a dualidade de critérios não foi igual uma vez que o jogador do Ronfe já deveria ter sido expulso na primeira parte e o Pica ficou assim com menos um homem durante 20 minutos na sequência da expulsão.

Depois surgiu um livre para o Ronfe, bola na área, desvio do jogador da casa e golo.

O Pica ainda continuou a acreditar, foi para cima do seu adversário a jogar mais com o coração, surgindo um lance em que André Jardim foi travado na área, mas o árbitro nada assinalou.

No lance a seguir apareceu um jogador do Ronfe isolado fazendo o 2-0 e matando o jogo.

O Pica só pode queixar-se de si próprio, porque a equipa não fez tudo o que pode e sabe. Há no entanto que realçar que esta equipa do Pica está órfã de alguns jogadores importantes, ausentes por lesão.

Nada está perdido e tudo ainda é matematicamente possível, mas que as coisas ficaram mais complicadas, lá isso é verdade.


Pró Nacional AF Braga: CC Taipas, 0 - Arões SC, 1 - Grande líder!


Redacção

Jogo no Campo do Montinho, Caldas das Taipas.

CC Taipas: André; Tiago Marques, Bruno Machado (Diogo, 69'), Maka, Hugo Veiga, Ricardo Cruz, Areias, Rui Pereira, Figueiras (Júnior), Diego (Peter, 61') e Sau.
Treinador: Vítor Pacheco

Arões SC: Zé Fernandes; Hugo Dias, Emanuel, Guti (Fred, 74'), Zezinho, Barbosa, Lapinha, Seba (Pato, 66'), Fausto (Miguel, 56'), Marcos e Russo.
Treinador: Eduardo Pereira

Golo: 0-1, por Hugo Dias (58').

Numa deslocação difícil ao Campo do Montinho nas Caldas das Taipas, o Arões SC fez jus ao seu estatuto de líder destacado somando mais uma determinante e preciosa vitória.

O Taipas esteve perto do golo aos 7 minutos por Ricardo Cruz, que não concretizou.

O Arões SC respondeu por Hugo Dias aos 21, de livre directo, com a bola a passar rente ao poste de André.

Numa partida bem disputada, por duas boas equipas, ao intervalo verificava-se um 0-0.

Aos 58 minutos a equipa de Eduardo Pereira beneficiou de um livre, com o inevitável Hugo Dias a introduzir a bola na baliza do Taipas.

Reagiu a equipa das Termas, com Sau a atirar de cabeça muito perto do poste da baliza dos fafenses.

Aos 68 minutos coube a Figueira um remate em zona perigosa, que saiu no entanto muito por cima.

Aos 71 minutos o Arões sofreu uma grande contrariedade com a expulsão de Pato, que viu o vermelho directo.
A vencer, o Arões SC teve de reorganizar-se com apenas 10 homens, até porque faltavam ainda cerca de 20 minutos para os 90.

Aos 77' Maka cruzou para a área aronense, onde surgiu um cabeceamento de Ricardo Cruz a sair rente ao poste de Zé Fernandes.

A vitória final pertenceu ao Arões SC, que contabiliza agora 53 pontos na liderança da Pró-Nacional da AF Braga, mais cinco que o segundo classificado SC Maria da Fonte que também venceu nesta jornada o Porto D'Ave por 1-0, com o Brito a derrapar em Forjães com uma derrota por 2-1.

Na próxima jornada o Arões SC recebe no seu campo precisamente o Forjães, que luta pela manutenção, pelo que é deveras importante que a equipa fafense mantenha os mesmos índices e cultura de vitória!





Ledman Liga Pro: SC Covilhã, 1 - AD Fafe, 1 - Empate vale a subida de um lugar!


Redacção

Perante uma deslocação difícil até à Covilhã, os adeptos da Mágica fizeram-se novamente representar em massa, cerca de duas centenas, para apoiar a sua equipa.

Após a derrota caseira com o VSC Guimarães, a AD Fafe abordou o jogo de forma autoritária, como querendo dizer aos serranos que estava ali para discutir os três pontos.

O Fafe entrou bem, com Pedro Pereira a colocar à prova o guardião da casa à passagem dos cinco minutos.

Volvidos dois minutos coube ao regressado Vasco Cruz um remate de primeira, com a bola a parar nas mãos do guarda-redes do Covilhã.

Com o Fafe por cima e a dominar a etapa inicial, Samu desferiu um remate potente com a bola a sair rente ao travessão.

O Covilhã viria a responder e a equilibrar somente aos 25 minutos, com o keeper do Fafe, Ricardo Fernandes, a segurar um remate desferido fora da área.

A Mágica voltou a responder pela direita novamente com uma boa iniciativa de Vasco Cruz, com este a endossar para Digas que não deu o melhor seguimento a uma jogada de perigo.

Perto do intervalo a AD Fafe beneficiou de uma grande penalidade, com o matador da equipa, Allan Júnior a converter com êxito o livre de 11 metros.

A perder por 1-0, o Covilhã tentou um remate logo no início da etapa complementar, sem perigo para o Fafe.

Aos 54' a Mágica beneficiou de um livre à entrada da área, mas o esquerdino Samu não deu o melhor seguimento.

No minuto seguinte os serranos criaram perigo junto da área do Fafe, mas o cruzamento traiçoeiro foi sacudido por Ricardo Fernandes para canto.

No lance seguinte o Covilhã conseguiu o golo da igualdade.

Os da casa tentaram algo mais que a igualdade e aos 80 minutos estiveram perto de se colocar na frente do marcador.

A seis minutos do final os da casa ficaram reduzidos a 10 jogadores, com o Fafe a reagir com a entrada de Sarkic para a frente de ataque, mas o Covilhã estava organizado na sua linha recuada.

Empatar fora de casa é sempre considerado um ponto positivo,embora as coisas continuem deveras complicadas para o Fafe que continua na zona de descida.

Este jogo já pertence ao passado e importa agora somar os três pontos na próxima jornada perante o FC Porto "B" que consentiu um empate a zero em casa com o Vizela.

sábado, 18 de março de 2017

AD Fafe: Sarkic e Reinildo convocados para as selecções dos seus países!


Fonte: ADF

Os atletas Oliver Sarkic e Reinildo Mandava vão representar as suas respetivas seleções de Montenegro e Moçambique nos encontros agendados da próxima semana. 
Boa sorte para ambos

GDC Serafão foi recebido com entusiasmo em Zurique, Suíça!


Redacção

Como anteriormente foi noticiado, o GDC Serafão marcou presença no fim-de-semana passado em Zurique (Suíça), onde participou no Sábado no 33 aniversário do Centro Lusitano de Zurique e no Domingo no torneio do mesmo.

No Sábado no aniversário do Centro Lusitano de Zurique, juntaram-se cerca de 120 serafonenses e descendentes num convívio bastante especial onde se pode conviver e confraternizar com seus conterrâneos.

O GDC Serafão participou com duas equipas no torneio, trazendo o 12° lugar e o 18° lugar que tiverem direito a duas taças para juntar ao museu do clube.

Foi uma boa experiência, dava para perceber pela alegria nas caras dos jogadores e dos serafonenses presentes nos dois dias.

Em conversa com o presidente Vítor Alves o mesmo disse, "Muito obrigado em nome do GDC de Serafão a quem tornou esta participação possível, a toda a equipa que pode vir e a todos os serafonenses que tão bem nos recebeu".



Fut. Popular: "Os Amigos Quinchães, 1 - Agr. Sta Cristina, 1 - Jogo à Campeões!



Redacção

Jogo extremamente aguardado entre duas excelentes equipas, que lutam pelo mesmo objectivo, ou seja, pelo primeiro lugar.

Antes do jogo começar fez-se um minuto de silêncio em memória do pai do jogador do Agrupamento Pedro “Rosita", recentemente falecido.

O Jogo começou com muita dinâmica, com ambas as equipas à procura do golo, golo que chegaria para os “Amigos” num lançamento. Castro lançou longo e Neves ao segundo poste fez o 1-0.

O Agrupamento reagiu e foi atrás de fazer o empate, depois de alguns lances mesmo quase no intervalo Rosita num livre enviou a bola a trave da baliza de Ricardo, que acaba por dar canto, nesse mesmo lance China parece ser tocado dentro da área, com o Agrupamento a reclamar uma eventual grande penalidade.

A segunda parte começou como acabou a primeira, com o Agrupamento à procura do golo.

Depois de várias tentativas e com o guarda-redes dos “Amigos” em grande plano, o Agrupamento chegou ao empate por Carlinhos ao minuto 52. 

Depois do empate o Agrupamento ainda teve algumas chances de marcar o segundo.

Os Amigos de Quinchães incomodavam de bola parada mas sempre sem perigo.

A partir de uma fase o jogo ficou muito duro com muitos cartões na qual o trio de arbitragem não está isento de culpas.

Ao minuto 85 o guarda-redes do Agrupamento João numa saída da baliza já fora da área corta a bola com o braço e é expulso.

A jogar com menos um o Agrupamento abdicou e tentou segurar o empate.

Esta igualdade entre estas duas excelentes equipas mantém as duas no topo da tabela, mantendo ambas grandes aspirações de alcançar o título de campeão.




Fut. Popular: AD Maçorra, 0 - AD S. Clemente, 0 - S. Clemente merecia mais!


Redacção

Na deslocação da AD S. Clemente nesta tarde de sábado ao concelho de Felgueiras para defrontar a AD Maçorra, assistiu-se a uma  primeira parte a um jogo muito apático sem grandes jogadas e oportunidades para as duas equipas.

Na segunda metade o S. Clemente regressou melhor, a criar várias oportunidades, procurou o golo mas nada saía bem, também com grande destaque para o guarda-redes da casa que esteve no seu dia fazenda boas defesas e mantendo o resultado a zero.

A haver um vencedor seria a equipa fafense, que foi melhor no jogo essencialmente nos segundos 45 minutos.